Como visitar o Cristo Redentor

Sim, o Rio de Janeiro continua lindo.

Nunca tinha ido até o Rio capital, mas que é lindo demais, ele é. Gente, sem palavras para aquelas vistas, praias, floresta…

Passei alguns dias em Angra dos Reis (depois terá matéria sobre os dias lindos que passei por lá) e aproveitei para esticar um pouquinho e conhecer a Cidade Maravilhosa. O Cristo Redentor, claro, foi a primeira parada obrigatória dessa viagem.

Apesar de estar no meio das Olimpíadas, foi super fácil chegar até lá e muito mais confortável e com menos multidão do que imaginei. Existem vans que partem de vários pontos da cidade até o Museu do Cristo Redentor, local onde você compra as entradas e pega a outra van que te leva até o topo e, depois, te traz de volta.

Como estava em Santa Tereza, não tinha nenhuma van que passasse por perto e já tinha pesquisado que era complicado encontrar vaga para estacionar se fosse sozinha. Então, deixamos o carro alugado na pousada e fomos de ônibus até perto de lá: o ônibus passava em frente de onde estávamos, não pegamos engarrafamento, chegamos em uma média de 8 minutos e foi super tranquilo subir vendo aquela paisagem. A passagem no rio é R$3,80 e pegamos o ônibus 006, Silvestre na ida e o 007 na volta (lembrando, para Santa Tereza).

No ponto de destino, é preciso alugar uma van até o museu onde se compra o ingresso: pagamos R$30 por pessoa nessa época de alta estação por ida e volta em um trecho de 8km – acho que foi a van/táxi mais caro que já paguei. Pegamos um recibo e combinamos o horário médio da volta. No destino, compramos o ingresso de outra van ida e volta + entrada do Cristo por R$38 por pessoa. Total de R$68 por pessoa no trajeto. Lembrando que esses preços variam de acordo com a alta e baixa estação do ano.

Dentro da lojinha, você tem acesso ao museu que é simplesmente incrível e todo interativo. Ele mostra várias curiosidades sobre o Parque Nacional da Tijuca que é a maior floresta do mundo replantada pelo homem, sobre os biomas nacionais, fauna, flora… tudo. Em uma sala específica, tem um painel colaborativo formado por fotos de visitantes do local escolhidas em um concurso; tem painéis onde você pode saber mais sobre toda a flora e a fauna brasileira, de acordo com cada região e ainda pode enviar as informações automaticamente para o seu e-mail; tem uma “cascata” onde vão descendo do teto várias imagens de animais, flores, meio ambiente… e você pode congelá-las através do clique e abrir mais informações sobre a mesma. Tudo muito bacana e tecnológico.

Além disso, tem toda a história de preservação da floresta até a criação da estátua do Cristo Redentor. O melhor é que é tudo gratuito e você pode ficar quanto tempo quiser para desbravar tudo.

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 2

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 3

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 4

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 5

Depois do museu, foi hora de ir até o Cristo. Gente, não é à toa que ele é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Que lugar lindo, que vista sensacional, que lugar encantador e cheio de paz.

Lá, tem vários tapetes para deitar no chão e conseguir registrar o momento através da foto perfeita. Tinham turistas do mundo todo, mas, como já disse no começo desse post, achei muito mais tranquilo do que imaginei. E, mesmo cheio, vale super a pena esperar e admirar. Poderia ficar o dia todo lá.

Por sorte, o dia estava claro e sem nuvens o que facilita muito a vista. Ele fica aberto até às 19h e as luzes da noite são muito lindas (no meu instagram, @cris_moreira, publiquei uma foto de quando estava saindo já de noite). Pelo que disseram dentro do parque, eles tem um projeto de deixar a visitação até mais tarde e é para breve.

Na subida e descida das escadarias, tem várias lojinhas onde você pode comprar lembrancinhas, mas já adianto que todas são bem salgadinhas, viu?! (hahahah) Mas vale a pena.

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 7

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 9

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 6

Blog Cris Moreira - Rio de Janeiro - como visitar o Cristo Redentor - 8

Posso ir no Rio de Janeiro 100 vezes, essa sempre será uma parada obrigatória.

Macaquinho jeans @Qzito_Jeans e Macaquinho off @EuvoudeAvaLook.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta